15/10/15

Broncho-Vaxom "vacina" oral

Broncho-Vaxom é utilizado como terapia adjuvante em todos os processos infecciosos do trato respiratório superiores e inferiores em adultos e crianças. Prevenção de recidivas e da transição para o estado crônico. Broncho-Vaxom é especialmente recomendado como terapia auxiliar nos seguintes casos: bronquites aguda e crônica, amigdalite, faringite e laringite; rinite, sinusite e otite, infecções resistentes aos antibióticos convencionais, complicações bacterianas decorrentes de infecções virais do trato respiratório. Na diminuição dos episódios agudos nas exacerbações da bronquite crónica e Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC) moderada nos adultos.

A substância activa do Broncho-Vaxom é um lisado bacteriano de Haemophilus influenzae, Streptococcus (Diplococcus) pneumoniae, Klebsiella pneumoniae, Klebsiella ozaenae, Staphylococcus aureus, Streptococcus pyogenes, Streptococcus viridans, Neisseria catarrhalis. Em regra geral são estas as bactérias responsáveis pela maior parte das doenças do trato respiratório, por isso Broncho-Vaxom é um imunoestimulante oral contendo fracções bacterianas.

É prescrito especialmente a crianças e idosos. Pode vir juntamente com a vacina sazonal da gripe ( Influvac) e podem ser tomados na mesma altura, 1 ou 2 meses antes da época de maior contagio que corresponde ao inverno.

Maioria dos pacientes apresenta:
  • melhoria acentuada dos quadros de infecção
  • ausência de infecção no período (inverno)
  • aumento dos intervalos entre as infecções 
  • diminuição da gravidade dos sintomas
  • diminuição do tempo de doença

A dose usual é a seguinte:
Prevenção da recorrência de infecções das vias respiratórias superiores e inferiores: 1 cápsula (7mg) por dia durante 10 dias consecutivos por mês, com intervalos de 20 dias de interrupção, durante 3 meses consecutivos. Deve ser tomado de manhã em jejum com algum líquido (água, chá, sumo de fruta, leite, etc.).

Episódios agudos nas exacerbações da bronquite crónica e DPOC moderada: 1 mês de tratamento: 1 cápsula (7mg) por dia, 30 dias consecutivos. O tratamento pode ser reforçado coma prevenção, como acima descrito, após um mês de intervalo.

Crianças (com mais de 12 meses) tem opção infantil em cápsulas ou saquetas. Broncho-Vaxom toma se todos os anos.

Os efeitos adversos na maioria dos casos são relacionados com o sistema gastrointestinal (vômitos, náusea e diarréia), mas normalmente é bem tolerado.

Preço de uma embalagem de 30 capsular é a volta de 20 euros.


Deixe um comentário com a sua opinião, obrigada!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...