21/03/17

Cholagutt ajuda a regular o funcionamento do fígado e da vesícula biliar.

Cholagutt é um suplemento alimentar à base de plantas. É utilizado nos sintomas de má digestão como enfartamentos e enjoos. Pode ser usado diariamente ou nas alturas em que abusou na sua alimentação e o organismo esta ressentir-se.  Na população mais idosa é frequente a utilização diária para manter a saúde digestiva em ordem.
Os componentes ajudam a regular o funcionamento do fígado e da vesícula biliar. Ajudam a melhorar o funcionamento do estômago e intestino, facilitando a digestão de alimentos gordurosos.

Cholagutt contém por mL da solução oral:

Extrato de Alcachofra ____________________________ 25 mg
Protecção e regeneração das células do fígado, acção a nível da formação e eliminação da bílis.

Extrato de Alfazema _____________________________ 32 mg
Propriedades anti-sépticas, facilita a digestão

Extrato de Cardo Mariano_________________________ 25 mg
Protecção do fígado contra agentes nocivos, restabelecimento do funcionamento normal das células hepáticas afectadas.

Extrato de Hortelã-Pimenta _______________________ 25 mg
Propriedades anti-espasmódicas e digestivas, pelo que é utilizada como adjuvante no alívio dos espasmos digestivos e biliares, regula os movimentos do intestino.


Posologia: Devem tomar-se 10 a 15 gotas de Cholagutt misturadas num pouco de água simples ou açucarada, 3 a 4 vezes por dia, de preferência meia hora antes das refeições. É frequente uma toma diária em jejum, só uma vez por dia durante longos períodos de tempo.

Não foram descritas, até à data, quaisquer interações do Cholagutt com medicamentos ou alimentos. Não foram descritos, até a data, quaisquer efeitos indesejáveis associados à utilização do Cholagutt.

Não existe informação sobre o uso do medicamento para ajudar a emagrecer, por isso deve ser utilizado apenas para aliviar a má digestão.

Preço: +/- 6.50 euros

19/03/17

Viternum - estimulante do apetite

Viternum - estimulante do apetite
Se for ao medico ou ao farmacêutico e pedir opinião sobre algum produto para estimular o apetite para poder engordar um pouco é muito provável que seja recomendado Viternum. Viternum é um estimulante do apetite, indicado em anorexias de todo o tipo, estados de magreza e desnutrição, transtornos de crescimento e convalescenças.  É usado tanto nas crianças como nos idosos com dificuldades em se alimentar como deve ser.

Muitos clientes acham que o Viternum tem vitaminas, mas não tem nenhuma. Um comprimido contém 6 mg de Di-hexazina, que é um anti-histamínico com efeito sedativo.
Como sendo um anti-histamínico verificam-se os efeitos adversos gerais deste grupo de medicamentos. Pode causar nos 2 ou 3 primeiros dias do tratamento predisposição para a sonolência que desaparece espontaneamente. Viternum não deve ser tomado em associação com medicamentos com acção sedativa. Exitem efeitos aditivos com o álcool.  Existem interacções com os inibidores da MAO. Contém lactose.

Não deve administrar-se o medicamento durante a gravidez e a lactação.
Não interfere com a eficácia da pílula.

A dose habitual para adultos: 3 comprimidos por dia. Os comprimidos devem ser tomados antes das refeições e devem ser deglutidos inteiros. Conforme necessidade poderá reduzir o numero das tomas.

Preço 20 comprimidos: 4.57 euros
Preço 60 comprimidos: 10.55 euros

Crianças e adolescentes
Viternum não deve ser utilizado em crianças com idade inferior a 2 anos.
Existe Viternum em forma liquida para facilitar a toma pelas crianças.
Viternum 0,6mg/ml Pó e solvente para solução oral (na embalagem vem uma saqueta com substancia activa e um frasco com liquido).

Viternum deve ser preparado antes de começar a tomar. O conteúdo da saqueta tem de ser dissolvido no conteúdo do frasco.  A solução oral preparada é válida por 30 dias.

A dose recomendada é:
Crianças de 2 a 4 anos: 5 ml da solução oral preparada, 3 vezes por dia
Crianças de 4 a 8 anos: 10 ml da solução oral preparada, 2 vezes por dia
Crianças de 8 a 12 anos: 10 ml da solução oral preparada, 3 vezes por dia.

Preço: 4.92 euros

01/03/17

Acarilbial : tratamento da sarna

Tenho notado uma procura aumentada na farmácia de medicamento de Acarilbial que é utilizado como anti-infeccioso para tratar a sarna (também conhecida por escabiose). No inverno há uma maior incidência desta "praga". A escabiose é uma infecção da pele causada pelo ácaro Sarcoptes scabiei, é um parasita que vive na superfície do corpo (pele) do hospedeiro, do qual extraem nutrientes. São ácaros minúsculos que provocam lesões e comichão na pele do homem, essa comichão é resultado de uma reacção alérgica da pele contra o próprio ácaro, os seus ovos e as suas fezes.

É difícil perceber que tem sarna, normalmente tem de ser o medido a diagnosticar e a verdade seja dita nem sempre acertam. A doença manifesta-se pelo aparecimento de pequenos túneis na pele e algumas bolhas, tudo isso provocado pela movimentação de ácaro.

Tratamento da escabiose: 

Para tratamento utiliza-se Acarilbial (substancia activa: benzoato de benzilo) que é um liquido de aplicação externa (não tomar!!). Tratamento eficaz e tem poucos efeitos secundários em parte devido à sua aplicação apenas local. Ao aplicar na pele esse liquido entra em contacto com o parasita e mata-o.
  1. Tomar um banho quente durante cerca de 10 minutos, de preferência por imersão e secar convenientemente
  2. Friccionar levemente a pele de todo o corpo, durante alguns minutos, com algodão hidrófilo embebido do medicamento, com excepção da face, olhos, mucosas e meato uretral e deixar secar
  3. Repetir a aplicação, deixar secar novamente e vestir-se
  4. 24 a 48 horas depois, tomar outro banho e mudar a roupa do corpo e da cama. 
Embora em alguns doentes um único tratamento seja suficiente para se obter a cura, por vezes, é necessário aplicar o medicamento, nas condições acima referidas, durante 2/3 dias consecutivos e, eventualmente, repeti-lo após um intervalo de 7 a 10 dias. O volume de solução não deve exceder os 30 ou 20 ml em cada aplicação, em adultos ou crianças respetivamente.

Evitar o contacto com a face, olhos, mucosas e meato uretral. Podem surgir uma ligeira irritação local (especialmente nos órgãos genitais masculinos), sensação de queimadura, prurido ou reacções alérgicas da pele. No caso de haver infecção secundária das lesões, pode ser necessário instituir tratamento antibiótico.

Deve ser utilizado com precaução em crianças com menos de 10 anos de idade. Não ha estudos quanto a utilização na gravidez e aleitamento.

Além do doente, devem ser tratados os seus parceiros sexuais e todas as pessoas em contacto próximo, nomeadamente os indivíduos que partilham a habitação. Recomenda-se ainda a lavagem em água quente de toda a roupa que esteve em contacto com a pele, incluindo roupa da cama e toalhas.

21/02/17

Bacitracina

É uma pomada que já existe há muito tempo e continua a ser largamente utilizada para cicatrizar qualquer tipo de feridas na pele e mucosas. Medicamento indicado no tratamento e prevenção de infecções bacterianas da pele.

Composição:
  • Bacitracina (500 U.I./g) - antibiótico com função anti-infeciosa e anti-bacteriano de uso tópico indicado para o tratamento de infecções superficiais na pele evitando complicações e inflamações em pequenos cortes, feridas e queimaduras.
  • Retinol (vitamina A) (2000 U.I./g) - ajuda na epitelização e fecho das feridas, diminui a resposta inflamatória. 

Bacitracina é um bom cicatrizante, depois da sua aplicaçao na ferida os resultados são visíveis passado poucos dias. Fecha bem a ferida e não deixa infeccionar.

Pode utilizar nas feridas como um corte com a faca, um rasgão da pele mesmo com ferida aberta mas não muito profunda, uma queimadura superficial, cortes nos lábios também cicatrizam rapidamente.

Depois de lavar a ferida (com soro de preferência) aplicar a pomada 2-3 vezes por dia.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...