25/11/19

Magnesio-K Active

Magnésio continua a ser a vitamina mais procurada na farmácia, por esse razão varias marcas tem lançado os suplementos de magnésio no mercado. Vou falar do lançamento da marca Angelini que já tem um dos suplementos mais conhecidos: Magnésio-OK.

Neste momento já temos Magnesio-K Active que é um suplemento alimentar que associa o Magnésio ao Potássio e que se distingue pela sua apresentação em comprimidos efervescentes, de rápida absorção, com um agradável sabor a laranja, sem açúcar. È especialmente interessante para as pessoas que praticam exercício físico intenso, porque tem maior quantidade de Magnésio (375mg) e o Potássio que é difícil encontrar nos suplementos (já não precisa comer toneladas de bananas para compensar a sua falta).

Nos treinos de desgaste intenso (sudação forte) perdemos eletrólitos (Magnésio e Potássio) que devem ser compensados para prevenir fadiga muscular e cãibras o que pode levar a dores e as lesões musculares.

Magnesio-K Active actua no:
  • Tónus muscular - Magnésio e o Potássio contribuem para o normal funcionamento muscular. Magnésio contribui para a síntese normal das proteínas e normal funcionamento do sistema nervoso.
  • Cãibras - Magnésio contribui para o equilíbrio hidroelectrolítico e normal metabolismo energético.
  • Recuperação pós-treino - Potássio contribui para uma tensão arterial normal e uma função muscular regular.

Composição por comprimido: 
  • Magnésio 375 mg 
  • Potássio 375 mg
  • Tiamina (Vitamina B1) 1,1 mg
  • Vitamina B6 1,4 mg
  • Vitamina C 80mg

Posologia: A dose diária recomendada de Magnesium-K Active é 1 comprimido efervescente dissolvido num copo de água, após uma das refeições. È isento de glúten, sacarose e naturalmente sem lactose.

Preço: +/- 15 euros para os 30 dias.

19/11/19

Fungos nas unhas

A onicomicose ou aparecimento de fungos nas unhas, provoca uma alteração da unha, tornando-a branca ou amarela, quebradiça, a escamar, chegando a provocar a destruição total da unha.

12% da população sofre de fungos nas unhas, dos quais 88% dos casos são tratados. Em caso de não tratamento, a infecção pode propagar-se a diferentes partes do pé e inclusivamente do corpo. Pode também contaminar as pessoas a sua volta, que vivem consigo.

A maior parte das pessoas só se preocupa com esse problema na altura em que os pés estão expostos. Apesar já ter passado o verão vou recomendar que é mesmo a altura perfeita para começar o tratamento e sabe porque? Porque é das maiores pragas que temos (das relativamente inofensivas), porque vão passar longos meses ate conseguir livrar-se dos fungos.
  • 6 meses - tratamento das unhas das mãos
  • 9-12 meses - tratamento das unhas dos pés (a unha cresce mais devagar)
Tem de se mentalizar que vai ter de ter muita paciência e não desistir a meio do tratamento (pode piorar o problema). Mesmo quando acha que o fungo foi eliminado é preciso continuar o tratamento por mais um mês pelo menos para garantir que teve eficácia total.

Como o desenvolvimento do problema ocorre muito devagar maior parte das pessoas nem se apercebe até a unha estar já meio estragada. Nesta altura ainda pode tentar resolver o problema com os produtos tópicos (normalmente são vernizes ou produtos idênticos que pode comprar sem receita medica) que são óptimos para os casos leves. Se a sua unha já esta afectada em mais de 50% quase de certeza vai ter de fazer o tratamento tópico e o tratamento oral (o seu medico recomenda lhe os comprimidos mais indicados para o seu caso).

Os tratamentos tem de ser feitos de forma continua e a evolução deve ser avaliada 3 em 3 meses, não adianta olhar todos os dias que não vai notar diferença nenhuma. Pode desenhar um esquema como esse:


Já teve fungos? Foi difícil livrar-se deles?


16/11/19

Hidratante ocular sempre à mão

Hidratante ocular é um dos produtos mais vendidos na farmácia. Pode ser usado por qualquer pessoa, independentemente da idade ou dos problemas de saúde. Eu costumo dizer que usar gotas hidratantes é como usar creme da Nivea na pele, não faz mal nenhum e pode aplicar as vezes que quiser.

Indicado para o humedecimento e lubrificação dos olhos, em caso de sensações de secura ou de fadiga ocular induzidas por factores externos tais como o vento, o fumo, a poluição, as poeiras, o calor seco, o ar condicionado, uma viagem de avião, trabalho prolongado à frente de um ecrã de computador ou síndrome do olho. Na altura das alergias ajudam aliviar os sintomas da irritação e olho vermelho.

Nos idosos podemos observar fenómeno em que os olhos estão sempre a lacrimejar, apesar de parecer contraditório para maior parte das pessoas mas isso é o sintoma clássico do olho seco e neste caso os médicos passam as gotas para serem aplicadas diariamente para substituir a hidratação natural do olho.


HYABAK

Um dos mais vendidos de momento é o chamado HYABAK, é um frasquinho com 10ml com a formula patenteada em que só cai uma gota de cada vez e a validade é longa para este tipo de produto (3 meses após a abertura).

HYABAK é uma solução hipotónica destinada a ser administrada nos olhos ou nas lentes de contacto. Contém ácido hialurónico (agente lubrificante e hidratante) e actinoquinol (agente que actua como filtro UV - não substitui em caso algum o uso de óculos de sol.).

Essas gotas combatem vermelhidão e coceira e restauram o filme lacrimal com apenas uma gota e não contem conservantes.

Pode ser utilizado com qualquer tipo de lente de contacto. A ausência de conservantes permite igualmente respeitar os tecidos oculares. Nos utilizadores de lentes de contacto, permite a lubrificação e a hidratação da lente, com vista a facilitar a colocação e a retirada, e proporciona um conforto imediato na utilização ao longo de todo o dia.


POSOLOGIA:
1 gota em cada olho durante o dia, sempre que necessário. Nos utilizadores de lentes de contacto: uma gota em cada lente ao colocar e retirar as lentes e também sempre que necessário ao longo do dia.

Preço na farmácia: +/- 12 euros

14/10/19

Vacina da Gripe 2019/2020

Hoje arranca a programa da vacinação contra a gripe. Programa anual de grande importância para saúde geral da população o que também permite reduzir os custos gerais com os tratamentos tanto para os utentes como para o SNS.
                                       

Porque deve ser tomada a vacina?

A gripe é uma doença contagiosa, causada por um vírus, que ocorre todos os anos, normalmente no inverno. A vacina contra a gripe previne anualmente milhares de gripes e hospitalizações. A vacina é a melhor forma de protecção para evitar as complicações graves da doença, sobretudo nos chamados grupos de risco:
  • Maiores de 60 ( a vacinação reduz significativamente a taxa de hospitalização por doença respiratória cronica, bem como a taxa de mortalidade)
  • Profissionais de saúde
  • Doentes diabéticos
  • Gravidas (os beneficio da vacina não se restringem às gravidas, mas estendem-se também aos seus bebes, reduzindo em cerca de 70% o risco da doença nos primeiros seis meses de vida e em 80% risco de hospitalização)
  • Doentes com patologia renal
  • Doentes com patologia respiratória
  • Doentes com patologia cardíaca
  • Doentes Imunodeprimidos
  • Bombeiro
  • Guardas prisionais

Porque é preciso vacinar todos os anos?

O virus da gripe muda constantemente, e surgem rapidamente novos tipos de virus para os quais as pessoas não tem imunidade e para os quais a vacina do ano anterior não confere protecção adequada. por isso, é importante vacinar-se todos os anos, para ficar protegido.

A vacinação decorre a partir de Outubro e deve ser feita preferencialmente ate ao fim do ano, mas pode ser administrada todo o outono e inverno.

Este ano a vacina é mais abrangente, inclui 4 estripes do virus (nos outros anos eram só 2) que consideram ser a mais predominante nesta época de 2019/2020. O preço por essa razão este ano é ligeiramente maior, de resto as indicações são as mesmas. Pode ver mais especificações geral da vacina da gripe no meu post mais antigo.

Preço da Influvac Tetra é 11,20 sem a receita medica, 7,06 euros com a receita.
No mercado pode também encontrar a alternativa menos conhecida com o nome Vaxigrip Tetra que já foi comercializada no ano passado devido a falta da Influvac no mercado.

Já tomou a sua vacina?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...