28/04/16

Nasomet e Rinite alérgica

Nasomet pulverizador nasal contém furoato de mometasona, que pertence a um grupo de medicamentos designados por corticosteroides. O furoato de mometasona é considerado um corticosteroide tópico potente.

Quando o furoato de mometasona é pulverizado no nariz, poderá ajudar a aliviar a inflamação (inchaço e irritação do nariz), os espirros, a comichão e o nariz obstruído ou o corrimento nasal / pingo. Actua como um descongestionante nasal, permitindo uma respiração mais fácil.

É utilizado em casos de:
Nasomet
  • Febre dos fenos,também designada por rinite alérgica sazonal (é uma reacção alérgica típica a altura da primavera e de aparecimento de pólen no ar)
  • Rinite perene (reacção alérgica que pode existir durante o ano todo, como alergia aos ácaros e a pelo de animais)
  • Pólipos nasais (os pólipos nasais são pequenas protuberâncias que crescem na mucosa do nariz e afectam normalmente as duas narinas. Nasomet reduz a inflamação do nariz causando a redução gradual dos pólipos, aliviando por sua vez a sensação de obstrução no nariz que pode afectar a respiração pelo mesmo)
  • Tratamento regular para o controlo da asma persistente.
Nasomete pode demorar até 2 dias até atingir eficácia máxima, normalmente começa a aliviar os sintomas 12 horas após a primeira dose.

Normalmente é um medicamento que se utiliza por curtos períodos do tempo até os sintomas diminuírem ou passarem. No caso de ser um tratamento prolongado, passando alguns meses o medico tem de observar para poder detectar possíveis alterações na mucosa nasal, embora não é frequente serem observados sinais de atrofia da mucosa nasal.


Posologia: Adultos e crianças a partir dos 12 anos de idade fazem duas pulverizações (50 microgramas/pulverização) em cada narina, uma vez por dia (dose total de 200 microgramas). É recomendada a redução da dose após o controlo dos sintomas.
Em casos das crianças e bebes a dose é adaptada e determinada pelo pediatra.

A quantidade de dados sobre a utilização de Nasomet em mulheres grávidas é limitada ou inexistente. Desconhece-se se o furoato de mometasona é excretado no leite humano.

Como sendo corticosteroides não deve ser tratamento de primeira linha da escolha no tratamento de pingo e sintomas de alergia, deve optar pelos descongestionantes não sujeitos a receita medica ( Ex: Vibrocil, Vick, Otrivina).

Preço: € 9,22 , tem comparticipação


Existem genericos no mercado com o nome Mometasona, embora a diferença do preço nao é significativa

Deixe um comentário com a sua opinião, obrigada!

27/04/16

Telfast 120 vs 180

Alergias, comichões, espirros, pingos no nariz, excesso de secreções tem todos em comum a histamina, uma molécula libertada pelo nosso organismo. Para reduzir ou evitar estes sintomas é frequentemente tomar um anti-histamínico em comprimidos.

Telfast 120

Telfast 120 contém cloridrato de fexofenadina, que é um anti-histamínico (H1 não sedativos).

Está indicado no alívio dos sintomas associados com rinite alérgica sazonal (por exemplo em caso do pólen), em adultos e crianças com mais de 12 anos. É eficaz no caso de espirros, nariz a pingar, olhos lacrimejantes, com comichão, congestão/obstrução nasal.

Sente redução significativa dos sintomas após 1 hora, e a sua eficácia mantém-se durante 24 horas. Não apresenta efeitos adversos frequentes em anti-histamínicoscomo sedação e secura da boca.

A dose recomendada é de 1 comprimido por dia tomado antes de uma refeição. Embora não seja recomendado em caso das crianças é possível dar só metade do comprimido.

Risco fetal desconhecido, por falta de estudos alargados.
Telfast 120 vs 180

Doentes com doença cardiovascular devem ser advertidos que os anti-histamínicos estão associados a efeitos secundários como taquicardia e palpitações. Precaução de utilização em doentes hepáticos e insuficientes renais.

Preço: +/- 5 euros

Telfast 180

Existe outra apresentação da Telfast com uma dosagem maior em vez de 120 é 180 mg. Em teoria pode tomar Telfast 180 para as queixas apresentadas em cima, mas estudos clínicos efectuados na rinite alérgica sazonal mostraram que uma dose de 120 mg é suficiente para uma eficácia de 24 horas.

Telfast 180 é utilizado em adultos e adolescentes de idade igual ou superior a 12 anos no alívio dos sintomas que ocorrem com reacções alérgicas da pele de longa duração (urticária idiopática crónica) tal como comichão, inchaço e vermelhidão.

Preço : € 4,82 (produto comparticipado)

Deixe um comentário com a sua opinião, obrigada!

24/04/16

Experimentei lentes de contacto coloridas...

Uso lentes de contacto normais já há anos e um dia apeteceu me experimentar lentes de cor (com graduação).

Apanhei uma promoção de 50% nas lentes de contacto e decidi que é desta que vou tentar. Cada embalagem vem com 2 lentes da mesma graduação, como tenho graduação diferente nos 2 olhos tive de comprar 2 embalagens. Preço de cada embalagem é +/- 30 euros, as lentes são mensais.

Como tenho olhos castanhos a funcionaria da loja disse que recomenda me levar cor verde, porque azul depois fica com aspecto muito falso. Depois de colocar as lentes a diferença foi mínima, muita gente nem reparou na mudança, tive de lhes chamar a atenção :)
Experimentei lentes de contacto coloridas...

A nível do conforto, posso dizer que sinceramente detestei. Passei o dia todo a coçar os olhos porque estava muito desconfortável e incomodava me. Já por não falar que nalgumas alturas eu via as coisas desfocadas porque pelos vistos a lente desloca-se bastante e as vezes a cor da lente atrapalha a visão.
No dia seguinte repeti a experiência e passado uma hora tirei as lentes e nunca mais tentei...

Alguém já experimentou as lentes e correu bem? Talvez recomenda me uma outra marca, embora não me pareceu que o problema fosse esse. Resumidamente abandonei a ideia de ter a cor dos olhos diferente, o sacrifício neste caso não compensa a beleza :)

Deixe um comentário com a sua opinião, obrigada!

23/04/16

Pernas pesadas: Antistax comprimidos e gel

Com a chegada do calor uma das queixas mais frequentes que aparece na farmácia é a dor nas pernas e a sensação de peso constante.

As veias são as responsáveis pelo sangue que flui dos pés para o coração, há alturas em que há maior acumulação deste sangue nas extremidades dai a sensação do peso. Pode ser inicio do aparecimento das varizes, se ainda não as tem, é uma sensação típica da insuficiência venosa. Os outros sintomas são inchaço, cansaço, sensação de tensão e formigueiro, dores nas pernas, os sintomas agravam se no final do dia e nas alturas mais quentes.

Um estudo demonstrou que 1 em cada 4 pessoas é afectada por este problema. Estas sensações estão principalmente relacionadas com o estilo de vida, fatores que favorecem o aparecimento deste problema:
  • Pouco exercício físico
  • Imobilidade 
  • Calor
  • Excesso de peso
  • Determinadas profissões (muito tempo sentado ou muito tempo de pé)
  • Mulheres tem mais tendência
  • Idade
  • Gravidez

Antistax

Antistax é um medicamento que lhe ajuda a reduzir o desconforto e diminuir o cansaço das pernas, oferece um alivio que realmente pode sentir. Comprimidos oferecem alívio para os sintomas de varizes, ajudam a reforçar e proteger as suas veias a partir do interior. Tem sido recomendado pelas mulheres, eficácia comprovada na pratica.
Antistax comprimidos e gel

Composiçao: Cada comprimido revestido contém 360 mg de extrato seco de folhas de Vitis vinifera/Videira Vermelha. (Contém 10,26 mg a 26,46 mg de flavonóides totais: como quercetina-3-O-beta-D-glucuronida).

Como este medicamento funciona?
O extrato de folhas de Vitis vinifera representa uma mistura complexa de classes diferentes de compostos que demonstraram actividade anti-inflamatória, que protegem a parede das veias normalizando sua permeabilidade. A redução no extravasamento de plasma (saída de líquido das veias), proteínas ou água para os tecidos em volta dos vasos inibe a formação de inchaço e reduz os inchaços já existentes.

Uso recomendado: Tomar 1 comprimido por dia, pelo menos, durante 6 semanas. Se sentir necessidade, para maior alívio, poderá tomar 2 comprimidos por dia. Tomar antes da refeição, com um pouco de água, de preferência de manhã. Os efeitos de Antistax podem sentir-se ao fim de 2 a 3 semanas. O efeito terapêutico máximo é de esperar ao fim de 4 a 6 semanas de uso continuado.

O Antistax não interfere com a eficácia da pílula.



No final do dia quando as pernas estão muito cansadas, inchadas e parecem mais quentes pode utilizar Antistax Gel Refrescante. Sente logo uma sensação de frescura e de leveza, embora seja um efeito temporário é bastante agradável.

Recomendo a toma dos comprimidos e se quiser utiliza o gel quando mais precisar, o melhor é tratar o problema de dentro para fora, proteger as veias antes que seja tarde.

Preço 30 comprimidos: +/- 14 euros
Preço Gel: 11 euros

Pode ver alguns conselhos não farmacológicos sobre Doença Venosa Crónica


Deixe um comentário com a sua opinião, obrigada!

21/04/16

Daflon: tratamento das hemorroidas

A doença hemorroidária é uma dilataçao anormal das veias hemorroidárias nas "almofadas" anais e uma distensão anormal dos ligamentos suspensores no plexo hemorroidário. como consequência pode surgir uma prolapso que corresponde a exteriorização das "almofadas" anais, estes prolapsos são inadequadamente chamados de hemorróidas ou doença hemorroidária.

Esta patologia caracteriza se pelos 3 aspectos:
  • cronica
  • tem tendência a evoluir para situações cada vez mais graves
  • caracteriza-se por crises hemorroidárias sucessivas de maior ou menor intensidade
Factores de risco:
  • gravidez
  • transito intestinal irregular (obstipação / diarreia)
  • dieta ( comida picante, álcool, café)
  • estilo de vida sedentário
Todos estes factores afectam sistema venoso e endotélio das veias hemorroidárias o que pode levar ao aparecimento da doença hemorroidária.

Na imagem seguinte, pode ver a diferença entre aspecto saudável (lado esquerdo) e hipervascularização do tecido hemorroidário e uma dilatação das veias hemorroidárias (lado direito).

Apesar de ser uma doença muita comum, apenas 1/3 dos doentes consulta o medico, por esta razão não estão a ser adequadamente tratados. 50% dos indivíduos com mais de 50 anos de idade tiveram pelo menos 1 vez sintomas da doença.

Como já tinha referido é uma doença cronica quer dizer que não tem cura, o que pode fazer é evitar as crises e tentar parar a sua evolução.

Na farmácia há 2 opções: terapêutica oral e terapêutica tópica (cremes de aplicação local com ou sem cortisona).

A nível da terapêutica oral o mais prescrito, se não for o único é o Daflon
Daflon
em comprimidos (origem natural: fracção flavonóica purificada micronizada). Proteje as veias e torna as mais resistentes, consegue estagnar a evolução da doença e é especialmente útil na altura da crise. É importante na redução das ocorrências e da gravidade das crises. O Daflon é mais conhecido como um remédio usado no tratamento das varizes e outras doenças que atingem os vasos sanguíneos, como as hemorróidas tem origem nos vasos sanguíneos deficientes Daflon é óptimo nestes caso.

As gravidas frequentemente utilizam Daflon por causa das pernas pesadas e por causa das hemorróidas que tem tendência a piorar na gravidez, assim é um tratamento 2 em 1. È um medicamento bastante inócuo que pode ser tomado por toda a gente, a não ser que tenha alguma reacção alérgica ao mesmo.


A dose habitual é 2 comprimidos revestidos por dia.

Na crise hemorroidária: nos 4 primeiros dias tomar 6 comprimidos revestidos repartidos em 3 tomas, nos 3 dias seguintes tomar 4 comprimidos revestidos repartidos em 2 tomas. Em seguida voltar à posologia de manutenção: 2 comprimidos revestidos por dia.

Preço: +/- 19 euros

Deixe um comentário com a sua opinião, obrigada!

17/04/16

Microlax - laxante de contacto

Microlax - laxante de contacto
Microlax é um laxante de contacto, isso quer dizer que começa actuar quando entra em contacto com as fezes. Microlax faz com que haja libertação da água presente, mesmo nas fezes mais duras e consequente liquefacção das mesmas. Desta forma consegue evacua o recto e o cólon pelo processo natural, proporcionando uma defecação suave sem afectar a mucosa e sem causar quaisquer reacções locais ou sistémicas (não é absorvido pelo organismo). O efeito desejado pode demorar ate meia hora dependendo do grau da obstipação.

Microlax está indicado nas seguintes situações:
  • Tratamento sintomático da obstipação rectal ou recto-sigmoideia
  • Encopresis - dificuldade em controlar a altura da libertação de fezes
  • Obstipação durante a gravidez / aleitamento, obstipação associada ao parto e cirurgia (uso pré e pós-operatório)
  • Preparação do recto e sigmóide para exames endoscópicos

Microlax pode ser usado quando necessário, o próprio utente é que decide sem necessidade do medico. Não deve ser usado por largos períodos do tempo sem intervalos porque pode provocar prisão de ventre, pois o intestino deixa de funcionar naturalmente.

Microlax tem como substâncias activas o citrato de sódio e o laurilsulfoacetato de sódio, existe em duas apresentações para idade a cima de 3 anos e idade abaixo de 3 anos ( +/- metade da dosagem).

MICROLAX, 450 mg/5 ml + 45 mg/5 ml, Solução rectal Adulto
MICROLAX, 270 mg/3 ml + 27 mg/3 ml, Solução rectal Lactentes e crianças

Microlax è muito fácil de utilizar, é uma bisnaga que contem a preparação. O método da aplicação é parecido com a das supositórios.

A dose habitual é: Administrar o conteúdo de uma bisnaga por dia. Na obstipação marcada pode vir a ser necessário a aplicação do conteúdo de duas bisnagas.

Modo e via de administração:

Retirar a tampa da cânula (Microlax Criança) ou quebrar o selo da cânula (Microlax Adulto).
Comprimir, ligeiramente, a bisnaga até aparecer uma gota na extremidade da cânula.
Introduzir a cânula no recto.
Comprimir completamente a bisnaga.
Retirar a cânula, mantendo a bisnaga comprimida - esse passo é importante, se não manter a cânula comprimida o conteúdo da bisnaga pode voltar atrás para dentro da cânula.

Preço: +/- 5 euros, contem 6 bisnagas

Deixe um comentário com a sua opinião, obrigada!

15/04/16

Trifene 200 e Trifene 400 no alivio da dor

Trifene é um medicamento que contém o ibuprofeno como substância activa (anti-inflamatório não esteróide), a diferença entre Trifene 200 e Trifene 400 é a dosagem do ibuprofeno em cada comprimido.

As 3 acçoes do ibuprofeno sao:
Trifene 200

  • analgésico (alivia a dor ligeira a moderada)
  • antipirético (baixa a febre)
  • anti-inflamatória
O ibuprofeno é rapidamente absorvido após administração oral, sendo o efeito maximo é atingido após 1 a 2 horas.


Deve tomar Trifene por um período curto no caso de sentir:
  • dor de cabeça
  • dores de dentes
  • dor associada ao período menstrual
  • dor muscular ligeira a moderada
  • dores pós traumáticas, como as associadas a contusões, luxações e entorses
  • febre em caso de gripe e constipações
  • Trifene 200 e Trifene 400 no alivio da dor
No caso dos adolescentes é recomendável tomar Trifene 200 para as dores, a não ser que seja uma dor da cabeça neste caso como a toma é pontual o melhor é tomar Trifene 400. No caso dos adultos 200 é uma dose muito baixa, em qualquer dos casos recomendo Trifene 400, ou então 2 comprimidos de Trifene 200. As tomas não devem exceder uma semana, se ate la o problema não estiver resolvido é melhor consultar o medico.

Dose recomendada :
Não exceda a dose máxima diária de 1200 mg. Trifene deverá ser tomado preferencialmente após as refeições, porque é irritante para o estômago.

Trifene 200 : Adultos e crianças com idade superior a 12 anos podem tomar 1 ou 2 comprimidos, 1 a 3 vezes por dia.
Trifene 400: Adultos e crianças com idade superior a 12 anos podem tomar 1 comprimidos, 1 a 3 vezes por dia.


Como qualquer anti-inflamatório não esteróide Trifene  pode provocar dores de barriga e deve ser tomado com cuidado se tiver algum problema do estômago ou intestino.

Não tome este medicamento durante a gravidez ou o aleitamento a não ser por expressa indicação, especialmente evitar a toma durante o terceiro trimestre de gravidez pois existe perigo de danos fetais ou de complicações na altura do parto.

Não interfere com nenhuma pílula.

Deixe um comentário com a sua opinião, obrigada!

13/04/16

Gynoflor - equilíbrio da flora vaginal normal

A flora vaginal normal é composta pelas bactérias e fungos e encontra-se num estado de equilíbrio biológico, resistente a agressores químicos e físicos. A flora bacteriana normal consiste basicamente em lactobacilos acidófilos (bacilos de Doderlein ou células Doderlein) que fermentam/transformam o glicogénio (que é um açúcar) da parede vaginal originando ácido láctico. O ácido láctico irá manter a vagina com pH ácido (pH 3,8-4,5) o que impede o crescimento de micróbios patogénicos e é um meio óptimo para os lactobacilos.

Uma alteração na flora vaginal pode ocorrer por vários motivos, os principais são toma de medicamentos (antibióticos e antifungicos), doenças, tratamentos hormonais (pílula), medidas de higiene incorrectas, gravidez, menopausa, tratamentos agressivos (quimioterapia, radioterapia), mudança de parceiro sexual.

Gynoflor é um óptimo medicamento que ajuda a equilibrar a flora vaginal em qualquer dos casos descritos, independentemente da origem. Gynoflor contém lactobacilos com capacidade de reprodução que levam à reposição da flora de Doderlein, restaurando assim o equilíbrio biológico do epitélio vaginal e inibe o crescimento ou elimina os micro-organismos patogénicos presentes. É frequentemente utilizado nos tratamentos pós-antibiótico e nos casos de Candidíase vaginal recorrente.

Cada comprimido vaginal de Gynoflor contém:
 Gynoflor - equilíbrio da flora vaginal normal
  • 10 milhões de Lactobacillus acidophilus (capazes de se reproduzirem) na forma liofilizada (quer dizer secos/desidratados) 
  • 0,03 mg de estriol 
  • O excipiente contém: lactose, celulose, microcristalina, estearato de magnésio, carboximetilamido sódico e hidrogenofosfato dissódico.

Assim que os comprimidos entram em contacto com o líquido vaginal, inicia-se a sua dissolução, libertando-se assim os micro-organismos liofilizados - os lactobacilos provocam uma redução no valor do pH.

Em casos de disfunções hormonais, especialmente nas idades mais avançadas, ocorre insuficiência de células contendo glicogénio no epitélio vaginal, por isso na composição de Gynoflor pode encontrar estriol, que é uma hormona natural que estimula células vaginais, cervicais e da vulva a produzirem glicogénio.

A lactose, que entra na composição dos comprimidos, pode, através dos bacilos ser fermentada para ácido láctico em vez de glicogénio.

Gynoflor tem de ser conservado no frigorífico antes de começar o tratamento, depois pode guardar a temperatura ambiente.
A dose habitual é: aplicação de 1 comprimido vaginal, à noite, antes de se deitar. Os comprimidos devem ser introduzidos profundamente na vagina, com o auxílio de dedeiras, durante um período de 6 dias. A melhor forma de aplicar é em posição reclinada, com as pernas ligeiramente fletidas. O tratamento deve ser interrompido durante a menstruação e pode ser retomado posteriormente.

Pode manter as relações sexuais durante o tratamento, a eficácia não será comprometida.

O efeito da pílula não é alterado.

Gynoflor é considerado pelo fabricante como medicamento seguro para uso durante a gravidez, amamentação e lactação.

Preço: 8,90 euros

Deixe um comentário com a sua opinião, obrigada!

09/04/16

Mebocaína Forte vs Mebocaína Anti-Inflam

Mebocaína Forte
Mebocaína Forte vs  Mebocaína Anti-Inflam

Pastilhas para chupar muito populares que são indicadas no tratamento local de infecções da cavidade bucofaríngea e inflamações associadas a gripe ou constipações, bem como alívio das dores de garganta e rouquidão, da deglutição dolorosa, faringites, rouquidão, aftas, gengivites e estomatites.

A Mebocaína tem propriedades antibacterianas, antissépticas e anestésicas.

Cada pastilha de Mebocaína Forte contém:
  • 4 mg de tirotricina - é um antibiótico de acção topica que combate as bactérias devido à sua acção na superfície das mucosas
  • 1 mg de cloreto de cetilpiridínio - é um antiseptico que reforça a acção da tirotricina 
  • 0,2 mg de cloridrato de oxibuprocaína - exerce um efeito anestésico local , alivia as dores de garganta e a deglutição dolorosa causada pela inflamação
Adoçante utilizado: sorbitol, pelo que pode ser tomada por diabéticos.
Tem um sabor forte a mentol, demasiado forte na opinião de muitas pessoa.

Posologia:
Crianças dos 6 aos 12 anos: 1 pastilha a cada 2 ou 3 horas (dose máxima diária: 3 pastilhas)
Adultos e crianças com mais de 12 anos: 1 pastilha cada 2 ou 3 horas (dose máxima diária: 12 pastilhas)

Mebocaína Forte destina-se a utilização de curto prazo: 5 a 7 dias, se entretanto não melhorar é melhor consultar o medico.

Preço 16 pastilhas: +/- 6 euros
Preço 24 pastilhas: +/- 7 euros


Mebocaína Anti-Inflam
Mebocaína Forte vs  Mebocaína Anti-Inflam

Mais recente membro da família das Mebocainas, como o nome indica é mais indicado para quando a garganta esta inflamada e não só irritada. Pode perceber-se que esta inflamada se sentir a dor quando engole a saliva ou alimentos.

Tem propriedades como anti-inflamatório, analgésico, antisséptico para tratamento sintomático dos estados inflamatórios dolorosos da garganta, boca e gengivas. Indicado antes e após extrações dentárias.

Um comprimido para chupar contém:
  • 1,2 mg de álcool diclorobenzílico . é um agente antibacteriano de amplo espectro que tem uma ação antisséptica
  • 3 mg de cloridrato de benzidamina é um fármaco anti-inflamatório não-esteroide/analgésico. É ativo principalmente na dor e edemas uma vez que possui um bom efeito anti-inflamatório e analgésico local
Adoçante utilizado: aspartame , pelo que pode ser tomada por diabéticos.

Posologia:
A partir de 6 anos de idade. Deixar dissolver um comprimido para chupar lentamente na boca cada 2/3 horas  (dose máxima diária:  pastilhas)

Preço 20 pastilhas: +/- 7 euros
Preço 30 pastilhas: +/- 8 euros



Nenhuma das 2 pastilhas tem estudos no caso de fertilidade, gravidez e aleitamento por isso devem ser evitados nestes casos. Estas, ou qualquer outra pastilha para dor da garganta, não diminui a eficácia da pílula.

Deixe um comentário com a sua opinião, obrigada!

08/04/16

Conselhos úteis: Doença Venosa Crónica

Exercitar as pernas em todas as circunstancias
As posições prolongadas de pé e sentada (em particular as pernas cruzadas) devem ser evitadas, uma vez que elas conduzem à insuficiência venosa. O peso do sangue e a falta de exercício favorecem a estagnação do sangue nas veias. Caso a sua actividade profissional o obrigue a estar sempre sentado, ou de pé, é necessário andar um pouco durante o dia ou fazer movimentos circulares com os pés. Do mesmo modo, durante as viagens longas de carro, comboio ou avião, e sempre que possível, ande um pouco para permitir a circulação do sangue nas veias.

Escolher um desporto apropriado
A pratica regular e com sapatos apropriados da marcha a pé é a actividade mais benéfica para a circulação venosa. A planta dos pés, devido a estar bastante irrigada por vasos venosos, funciona como uma bomba que movimenta o sangue. A cada passo, vai comprimir as veias dos pés, o que impulsiona o sangue para cima até às pernas. Depois, a contracção dos músculos da perna favorece a subida do sangue ate ao coração. Por estas razoes, a pratica da ginástica, do ciclismo, dança, natação ou golf, facilita a circulação venosa. Pelo contrário, são desaconselhados os desportos que obrigam a movimentos bruscos, como o ténis, basquetebol, squash, etc... Estes desportos provocam variações na pressão do sangue nas veias, o que vai provocar a dilatação dos vasos e menos circulação de sangue até ao coração.

Evitar lugares quentes
As variações de temperaturas modificam o comportamento das veias. Um aumento do calor nas pernas favorece a dilatação das veias, diminuindo a circulação venosa. Devem ser evitadas, ou diminuídas, todas as exposições ao calor: calor do sol, depilação com cera quente, banhos quentes, sauna e vestuário muito quente.

Procurar lugares frescos
A influencia do frio é importante porque é favorável à contracção das veias. Um duche de água fria nas pernas, activa a funcionalidade das suas veias e alivia a sensação de peso e dor nas pernas. Caminhar à borda de agua na praia, é muito útil porque associa o exercício à temperatura baixa.


Prevenir a prisão de ventre e o excesso de peso
A prisão de ventre e o excesso de peso são dois factores responsáveis pelo aumento da pressão sanguínea nas veias, por isso, e para evitar estes problemas, deve fazer uma alimentação rica em fibras (ex: vegetais e fruta), uma boa hidratação (consumo diário de 1L e meio de agua) e consumir menos gorduras saturadas (ex: manteiga, carne de porco).

Usar vestuário apropriado
O vestuário apertado comprime as veias e bloqueia a circulação do sangue nas pernas. Deve escolher um vestuário confortável e largo, evitando as calças muito estreitas, meias com elástico ou cintos apertados.

Usar sapatos apropriados
Os sapatos de salto alto reduzem a superfície de apoio do pé, tal como os sapatos planos sem salto aumentam demais essa superfície, o que vai diminuir a circulação do sangue dos pés para as pernas. Por isso, os sapatos devem ter idealmente 3 a 4 cm de altura.

Facilitar a circulação do sangue durante o sono
Para melhorar a circulação do sangue durante o sono, deve fazer alguns movimentos de pedalar antes de dormir e levantar os pés da cama 10 a 15 cm.

Reconhecer as situações que podem agravar os seus problemas venosos, como a gravidez ou a contracepção oral
A doença venosa é mais frequente na mulher devido à influencia das hormonas (progesterona e estrogénio). Os estrogénios aumentam a permeabilidade das veias e a progesterona é responsável pela sua dilatação. Durante a gravidez, estas hormonas existem em grande quantidade, daí o elevado risco de insuficiência venosa nestas mulheres. Estas hormonas existem também nas pílulas contraceptivos. Deste modo, é indispensável uma supervisão médica regular.

Massajar as pernas o mais frequentemente possível
A massagem das pernas, de baixo para cima, melhora a circulação do sangue para o coração.

Deixe um comentário com a sua opinião, obrigada!

06/04/16

Bepanthene Gotas Oftálmicas para olhos secos e cansados

Olhos secos são definidos pela vermelhidão, prurido,ardor, irritação, cansaço, visão turva, dificuldade em suportar a luz ou aumento do lacrimejar. Pode ter varias origens, alguns são internos como idade ou alguma doença ou externos como:
  • stress mecânico (utilização de lentes de contacto rígidas ou moles, ou durante procedimentos de diagnóstico oftálmicos)
  • stress ambiental (ar condicionado, vento, ambientes frios ou secos, ar poluído)
  • stress visual resultante do esforço da vista (ecrã do computador, microscópio, condução prolongada de veículos).

Bepanthene Gotas Oftálmicas

Bepanthene Gotas Oftálmicas protege, hidrata e lubrifica a superfície do olho, para um alívio prolongado do desconforto associado a olho seco.

Contém dois ingredientes activos – Hialuronato de sódio e Dexpantenol que actuam em conjunto para uma hidratação ideal.
Bepanthene Gotas Oftálmicas

Hialuronato de sódio - é um composto endógeno que existe em diversos locais do organismo - olhos, ossos, articulações e pele onde fornece lubrificação. Apresenta uma elevada viscosidade e garante a formação de uma película protectora uniforme, consistente e de longa duração, para a camada epitelial do olho, sem comprometer a visão. Hialuronato de sódio é um dos componentes mais usados nas gotas lubrificantes em geral vendidas na farmácia.

Dexpantenol - provitamina B5, é uma substancia comum a todos os produtos da Bepanthene, auxilia o processo natural de regeneração e renovação da pele. Tem a capacidade para reter uma grande quantidade de água, não só refresca e protege o olho, como também contribui para que o Hialuronato de sódio mantenha o ambiente húmido ocular.

Bepanthene Gotas Oftálmicas é uma combinação única em unidoses, não contém conservantes e é adequado a utilizadores de lentes de contacto rígidas e moles. É uma embalagem pratica para utilizações esporádicas, pode andar com as ampolas unidose na carteira para quando necessitar. Como o produto mantém se estéril o prazo de validade é longo ao contrario das gotas que se compram em frascos.


Como aplicar?
Coloque 1 ou 2 gotas em cada olho, quantas vezes for necessário ao longo do dia.
Se estiver a utilizar algum medicamento oftálmico tem de aguardar 15 min antes de aplicar hidratante ocular.
Pisque os olhos algumas vezes para revestir toda a superfície dos olhos.


Preço +/- 12 euros

Deixe um comentário com a sua opinião, obrigada!

04/04/16

Como tratar Candidíase vaginal com Gyno-Pevaryl Combipack

Muitas mulheres ja tiveram pelo menos numa ocasião Candidíase vaginal. É devido a uma infecção com um fungo de levedura chamado Candida. A maioria dos casos de Candidíase são causadas pela levedura Candida albicans, embora existem outros tipos de Candida. Os sintomas comuns da candidíase vaginal são comichão, irritação e vermelhidão ao redor da parte externa da vagina e corrimento vaginal branco inodoro cremoso e espesso . Antifúngicos / antimicóticos funcionam por matar o fungo responsavel pela infecção.

Gyno-Pevaryl Combipack

Gyno-Pevaryl Combipack é um antimicótico vulvovaginal muito eficaz, cuja substancia activa é econazol. O seu campo de aplicação estende-se aos fungos da vulva e da vagina, especialmente Candida albicans. Chama-se Combipack, porque é um conjunto de creme para aplicar no exterior da vagina e de 3 óvulos que são introduzidos dentro da vagina. Desta forma consegue tratar os sintomas no interior e no exterior.
Gyno-Pevaryl Combipack

Creme vaginal: aplicar uma camada fina de creme nas áreas vulvar e anal uma vez por dia à noite depois da limpeza diária durante 3 dias consecutivos, se quiser pode fazer outra aplicação de manha. Pode sentir algum ardor se a vulva estiver muito irritada.
Óvulos: Introduzir diariamente o mais profundamente possível na vagina à noite um óvulo durante 3 dias consecutivos. Óvulo liberta 150mg de econazol directamente na mucosa afectada pela candidíase.

O tratamento deve ser concluído antes do aparecimento do período, porque a sua eficácia pode ser comprometida e poderá ser necessário repetir.

Antifúngicos em geral, Gyno-Pevaryl Combipack em particular, não devem ser usados juntamente com um preservativo de látex ou com um diafragma, porque pode danificar e comprometer a sua eficácia. O melhor seria abster-se de relações sexuais enquanto esta com infecção para poder recuperar e para não correr o risco de contaminar o parceiro com fungo.

Devido à absorção vaginal, Gyno-Pevaryl Combipack não deve ser usado durante o primeiro trimestre da gravidez, a não ser que o médico considere essencial para o bem-estar da doente.

E não, antifúngicos não interferem com a pílula :)

Preço +/- 8 euros

Deixe um comentário com a sua opinião, obrigada!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...