26/12/16

Dulcolax - eficaz na obstipação

Dulcolax é um dos laxantes mais conhecidos e vendidos na farmácia, muito eficaz em casos de obstipação com resultados visíveis da noite para o dia (tempo de acção 6 a 12 horas). Dulcolax estimula a contracção dos músculos do intestino e, consequentemente, empurram o seu conteúdo. Também facilitam a eliminação ao acumularem água para amolecer o conteúdo do intestino.

Substância ativa (em cada comprimido): 5mg de Bisacodilo

Os comprimidos revestidos devem ser tomados inteiros à noite com água para que a evacuação se produza de manhã, são fáceis de engolir e suaves para o estômago pois actuam apenas onde é necessário, no cólon.

Precauções: não deve ser tomado diariamente durante longos períodos. A utilização prolongada e excessiva poderá provocar desequilíbrio electrolítico e hipocaliemia. A substância ativa de Dulcolax, o Bisacodilo, não penetra na barreira cerebral, não tendo sido notificado qualquer potencial aditivo que pode levar a dependência.

Note que é muito importante evitar beber leite ou um antiácido ao mesmo tempo que toma o Dulcolax. Estas substâncias são alcalinas e podem dissolver demasiado cedo o Revestimento de Proteção. Pelo mesmo motivo, Dulcolax Comprimidos Revestidos nunca deve ser esmagado ou mastigado antes de engolido pois, caso contrário, o Revestimento de Protecção deixa de ser eficaz. Se tomou um anti-ácido, aguarde pelo menos uma hora antes de tomar Dulcolax de forma a impedir que o revestimento se dissolva antes de chegar ao intestino e possa causar irritação gástrica e/ou cólicas.

Pode ser tomado a partir de 6 anos. Pode ser tomado durante a amamentação. Não interfere com a eficácia da pílula.


Dulcolax Supositórios

Como os comprimidos revestidos, o componente activo em Dulcolax Supositórios é o Bisacodilo (10 mg ): um composto com um elevado perfil de segurança e de eficácia comprovada.

Com Dulcolax Supositórios, o componente activo é misturado com um material do tipo cera totalmente seguro, sólido à temperatura ambiente mas que se dissolve à temperatura corporal para permitir que o componente tenha uma acção a nível local. Acçao rápida, demora entre 10 a 30 min.

Dulcolax Supositórios é especialmente moldado de modo a ser fácil de inserir no recto. Remova o supositório da embalagem plástica e introduza o supositório, com a parte pontiaguda para frente, no recto. Para melhores resultados, deve deitar-se durante 15 a 20 minutos e tentar reter o supositório no recto enquanto puder. Reter o supositório significa manter o supositório no recto, não o deixando sair. A utilização dos supositórios pode conduzir a sensações dolorosas e irritação local, especialmente nas fissuras anais e proctite ulcerosa.

Vantagens de supositório em relação ao comprimido: acção muito rápida, não corre o risco de sentir desconforto intestinal e pode ser tomado por indivíduos com dificuldade de deglutição.

O seu médico pode aconselhá-lo quanto ao uso de um supositório antes de determinadas intervenções clínicas (ex: colonoscopia).

Adultos e crianças com mais de 10 anos: 1 supositório (10 mg) para efeito imediato.

11/12/16

Colchicina no tratamento da gota

Este medicamento é usado para prevenir ou tratar ataques de gota (recidivas). Normalmente os sintomas de gota se desenvolvem de repente e envolvem apenas uma ou poucas articulações. A gota é causada pelo excesso de ácido úrico no sangue que é um produto do metabolismo das proteínas. Quando os níveis de ácido úrico no sangue são muito altos, o ácido úrico pode formar cristais duros nas articulações o que provoca inflamação aguda e dores ao movimentar-se. O dedão do pé (joanete), joelho ou tornozelo são os mais frequentemente afetados.

Alguns dos factores de risco para o surgimento das crises são a obesidade, sexo masculino (40 anos ou mais), a insuficiência renal, o uso de alguns medicamentos, o consumo excessivo de alguns alimentos (como a carne e o marisco) e o excesso de bebidas alcoólicas, especialmente cerveja.

A colchicina, diminuindo o inchaço e diminuir o acumulo de cristais de ácido úrico que causam dor
na articulação afetada(s). Embora o seu modo de ação é desconhecido.
O efeito anti-inflamatório da colchicina na artrite gotosa aguda é relativamente seletivo para esta doença e é eficaz apenas em alguns casos nos outros tipos de artrite.
Colchicina no tratamento da gota


A colquicina é utilizada nas seguintes situações: 
  • Gota (tratamento prolongado com dose baixa)
  • Acesso agudo de gota (dose mais alta durante alguns dias)
  • Terapêutica de prevenção de acessos de gota quando no início de tratamentos hipouricemiantes com inibidores de síntese de ácido úrico ou com uricosíricos.

Acesso agudo de gota:
1º dia: 3 comprimidos (1 comprimido de manhã, 1 comprimido ao meio dia, 1 comprimido à noite);
2º e 3º dias: 2 comprimidos por dia (1 comprimido de manhã e 1 comprimido à noite); 4º dia: 1 comprimido à noite
Dias seguintes: 1 comprimido à noite

Prevenção dos acessos de gota aquando dos tratamentos hipo-uricemiantes: A dose diária profilática de colquicina depende da frequência e da gravidade dos episódios anteriores e pode variar de 0,5 mg duas a quatro vezes por semana até 1,5 mg por dia. É normalmente eficaz numa dose oral de 0,5-1 mg por dia, ajustada de modo a não causar diarreia. O tratamento com colquicina deve manter-se até pelo menos um mês após a redução da concentração de urato no sangue e que é comum a cobertura profilática durante 3 a 4 meses. É aconselhada uma vigilância hematológica semestral (despistagem sistemática dos efeitos secundários).


Nos indivíduos em idade de procriar, deverá ser instaurada uma contracepção eficaz qualquer que seja o parceiro tratado. É recomendado interromper o tratamento com colquicina três meses antes da concepção. A contracepção deverá manter-se até 3 meses após a interrupção da colquicina.

Contém Lactose e Sacarose.

É um daqueles medicamento que quanto menos tomar melhor. Maior parte dos pacientes sente disconfortos intestinais quando começam a tomar colquicina.

Reacções adversas muito frequentes: Diarreias, náuseas, vómitos (até 80% dos doentes). Podem ser os primeiros sinais de sobre dosagem. É necessário então diminuir as doses ou mesmo parar com o tratamento. Incluem problemas gastro-intestinais e neutropenia. Altas doses podem também lesar a medula óssea e levar a uma anemia

Dose tóxica cerca de 10 mg.
Dose constatada mortal, acima de 40 mg
Não há antídoto específico da colquicina.


Preço Colchicine, 1 mg x 20 comp: € 4,65

06/12/16

BioActivo Multivitaminas

BioActivo Multivitaminas

BioActivo Multivitaminas da laboratorio Pharma Nord pode ser um boa opção se quiser fazer um suplemento vitaminico nesta altura de ano. É mais que frequente os médicos mandarem fazer suplementos no inverno, é uma altura em que as defesas do sistema imunitário começam a enfraquecer devido a mau tempo e a alimentação mais pobre. Habitualmente os suplementos tomam-se durante 3 meses seguidos, depois faz um intervalo e se quiser pode repetir.

As vitaminas solúveis em água não são armazenadas no corpo, sendo excretadas de forma relativamente rápida, por essa razão não há problema nenhum se tomar em excesso, porque o excesso é rapidamente eliminado. As vitaminas solúveis em gordura(Vitamina A /D /E /K), por outro lado, ficam armazenados no fígado ou nos tecidos gordurosos e demoram mais tempo a sair do organismo. Ao tomar vários suplementos ao mesmo tempo ou o mesmo sem intervalo tem de ver as concentrações das Vitaminas lipossolúveis que esta a ingerir.

BioActivo Multivitaminas Contém 12 vitaminas essenciais e 6 minerais que estão bem balanceados, contem vários antioxidantes (o zinco, a vitamina C e a vitamina E), incluindo a levedura de selénio pantenteada e contém um conjunto completo de vitaminas B.

O BioActivo Multivitaminas não contém ferro, porque nem todas as pessoas beneficiam de um suplemento de ferro. O excesso do ferro pode cortar o efeito antioxidante das outras vitaminas.

BioActivo Multivitaminas
O selénio contribui para o normal funcionamento do sistema imunitário e bom funcionamento da glândula tiróide.
O zinco participa na manutenção da pele, cabelo, visão, unhas e ossos normais.
O crómio contribui para a manutenção dos níveis normais de glucose no sangue (diminui o apetite pelos doces).
O magnésio contribui para uma função muscular saudável.
A vitamina C contribui para a formação de colagénio para a manter ossos, gengivas, pele, dentes e cartilagem saudáveis, contribui para o normal metabolismo de produção de energia.
A vitamina D participa na manutenção de ossos, dentes e função muscular saudáveis.
A vitamina B1 contribui para uma função normal do coração.
Àcido fólico que contribui para a formação normal do sangue
Biotina que contribui para o normal funcionamento do sistema nervoso.

Posologia: Tem de tomar 1 comprimido por dia, por exemplo ao almoço. Quanto ao tamanho do comprimido é bom, facil de deglutir.

Quanto ao preço são +/- 19 euros por 60 comprimidos, por mês fica menos de 10 euros (é um bom preço para as vitaminas).

Deixe um comentário com a sua opinião, obrigada!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...