23/03/14

Psoríase, o que é e como aliviar os sintomas?

A psoríase é uma doença inflamatória sistémica, crónica, recidivante e comum, manifesta-se habitualmente na pele e articulações. Afecta 1-3 % da população mundial, a maioria dos doentes tem doença ligeira (menos de 3% da área corporal afectada).

Na pele causa áreas de pele eritematosa, inflamada, espessa, habitualmente coberta por escamas prateadas. Nas articulações provoca edema, rubor e dor, com destruição progressiva. A doença é mais frequente em adultos, mas pode surgir em qualquer idade. Homens e mulheres são igualmente afectados. A psoríase não é uma infecção e não é contagiosa, não é curável mas existem muitos tratamentos disponíveis.

As causas exactas da psoríase ainda estão por esclarecer, contudo sabe-se que para ela contribuem múltiplos factores ( imunes, genéticos, ambientais ). Cerca de 40 % dos doentes têm familiares com a doença.

Todas as alterações que ocorrem numa lesão de psoríase são mediadas por células do sistema imune e por sinais por elas libertados. Nos doentes afectados pela psoríase as células da pele são produzidas muito mais rápido do que nas pessoas saudáveis o que provoca a sua acumulação em placas a superfície.

As lesões cutâneas caracterizam se por placas que podem aparecer em qualquer parte do corpo, são bem demarcadas, cobertas por escama prateada espessa, pouco aderente, fundo eritematoso homogéneo e brilhante e tem localizações típicas ( cotovelos, joelhos, palmas, plantas, unhas, couro cabeludo). Pode ocorrer prurido, dor cutânea, dor articular e aumento de volume e rigidez.

A mais comum é a psoríase vulgar , aparece em placas que têm dimensões que variam entre 1- 10 cm. A psoráse é diagnosticada pela observação dermatológica, não existe qualquer analise sanguínea que faça o diagnóstico. A gravidade é dependente do impacto na qualidade de vida. A gravidade da doença varia ao longo do tempo e pode ser controlada com o tratamento.

Os tratamentos tem como objectivo interromper o ciclo infamatório que causa o aumento de produção de células e a formação de placas, remover escamas, induzir sensação de controlo sobre doença e melhorar qualidade de vida.


Factores que podem desencadear os sintomas:
  • Stress psicológico e físico
  • Infecções por bactérias ( em particular por Streptococcus)
  • Infecções por vírus
  • Medicamentos (bloqueadores beta, lítio, anti-maláricos)
  • Traumatismo da pele (coceira ou queimadura solar)
  • Obesidade, tabaco e álcool.
As mudanças dos hábitos de vida do doente não curam, mas ajudam a reduzir o desconforto associado a doença:
  • Banho diário ( remove as escamas e acalma a inflamação)
  • Evitar factores que desencadeiam os sintomas, um diário permite identificar melhor estes factores.
  • Utilizar emolientes e queratolíticos com acido salicilico ou ureia ( são cremes/ líquidos que servem para dissolver escamas mais espessas e crostas, também melhora a penetração dos tratamentos tópicos).
Cerca de 80% de psoriáticos tem doença ligeira a moderada e pode ser tratada apenas com terapêuticas tópicas. No tratamento tópico são utilizados corticoesteróides e derivados de vitamina D3.

A associação fixa de betametasona + calcipotriol, tem eficácia comprovada e efeito mais eficaz do que utilização em monoteraia. Na farmácia pode encontrar com o nome Daivobet (creme e gel). Deve ser aplicado somente nas lesões numa fina camada e lavar as mãos depois da aplicação, deixar absorver sem cobrir. Para retirar lavar com liquido de limpeza suave, que não provoca irritação. A eficácia desta medicação depende bastante de adesão do doente a terapêutica e a correcta aplicação do produto.

Actualmente o preço destes medicamento é comparticipado em 90% ( tem de ter a menção expressa da Lei nº 6/2010 na receita).


Deixe um comentário com a sua opinião, obrigada!

1 comentário:

  1. A psoríase é uma doença que precisa ser muito bem entendida, cada caso é um caso, conheço uma clínica de tratamento que faz exatamente isso, além de se gratuito, chama QualityCare, http://www.programaqualitycare.com.br , tenho colegas que fizeram e o resultado foi muito bom, vale a pena dar uma olhada.

    Abraços
    Sayuri

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...