12/02/14

Fluimicil, alivia a sua tosse com expectoração

Fluimucil tem como substância activa a acetilcisteína. A acetilcisteína, tem uma acção mucolítica ("quebra" o muco) e fluidificante (diminui a viscosidade) . Diminui a viscosidade e a elasticidade da expectoração e estimula os mecanismos que ajudam a deslocar o muco (acetilcisteína provoca a quebra das pontes de dissulfeto deixando o muco mais fluido, aumentando a actividade ciliar).
A acetilcisteína tem uma acção antioxidante comprovada, protege o epitélio respiratório contra a agressão de radicais livres, pois é um precursor da glutationa.
Por outras palavras, quando esta com expectoraçao e não consegue tira-la mesmo ao tossir, Fluimiuil fluidifica esta expectoração e faz com que seja mais fácil elimina-la.

Ao comparar com outros medicamentos disponíveis no mercado para a expectoração a Fluimucil tem uma grande vantagem por ser um mucolitico, enquanto os outros são expectorantes (por exemplo Bissolvon, Broncoliber). Expectorantes provocam aumento do volume das secreções, em vez de fluidifar estas secrecçoes. Por esta razão os expectorantes não são aconselhados a quem tem problemas em tossir / eliminar a expectoraçao ( pessoas acamadas ou crianças pequenas) e nestes casos só agravam a tosse.

Fluimucil frequentemente é prescrito pelos médicos como adjuvante mucolítico no tratamento antibacteriano das infecções respiratórias. Ao fluidificar o muco facilita a acção do antibiotico, por essa razão deve ser tomado enquanto estiver a tomar o mesmo. Existe interação de Fluimucil com alguns antibióticos, portanto recomenda-se o uso intercalado entre os medicamentos. Sugere-se o uso de Fluimucil 2 horas antes ou depois da administração do antibiótico (amoxicilina + ác. clavulânico não fazem parte destes antibióticos).


Advertências e precauções :
  • A Acetilcisteína está contra-indicada em caso de úlcera gastroduodenal ou se tem asma.
  • A acetilcisteína pode ser utilizada durante a gravidez e lactação após uma avaliação cuidada do risco/benefício realizada pelo seu médico, neste momento não há estudos que comprovam efeitos nocivos.

Apresentaçoes:

Fluimucil 600 mg: 20 comprimidos efervescentes (toma única para adulto)   P.V.P a volta de 7 euros
Fluimucil 200 mg: granulado para solução oral x 20 saquetas ( pode ser tomado 3 vezes por dia nos adultos ou toma única para criança)
Fluimucil 2%: solução oral x 200 ml (criança)
Fluimucil 4%: solução oral x 200 ml (adulto)

O comprimido efervescente (forma mais utilizada) deve ser dissolvido em ½ copo de água (100 mL) e ingerido em seguida. Há relatos de provocar desconforto gastointestinal, neste caso aconselho a ingerir com uma maior quantidade de agua.


Curiosidade: A acetilcisteína apresenta um efeito protector nas intoxicações por paracetamol. A acetilcisteína pode permitir reparar o dano oxidativo por produzir cisteína e glutationa e pode agir como fonte de sulfato para permitir a união com o paracetamol, desta forma evita lesões permanentes no fígado.



Deixe um comentário com a sua opinião, obrigada!

7 comentários:

  1. Tenho asma e sempre me presreveram. Tomo e fico bem...nao entendi isso de nao poder tomar pela asma.
    Pq o de 600 tem q ser a noite? Sempre tomo de dia. Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acetilcisteína pode provocar broncoespasmos e isso nos pacientes com asma pode provocar uma crise. Não é obrigatório tomar a noite, mas normalmente no final do dia a tosse costuma piorar.

      Eliminar
  2. Receitaram-me para tomar fluimucil 600mg ao pequeno almoço e jantar ou seja 2x dia durante 4 dias. Agora lendo o folheto diz não tomar mais que 600mg diáriamente ou seja 1x, o que faço? Fará mal tomar 2x?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 600mg é a dosagem normal, nos casos em que a pessoa estiver muito mal o medico pode achar necessário uma quantidade maior. Pode tomar, não lhe faz mal.

      Eliminar
  3. Por estar com pneumonia o médico receitou ao meu marido fluimucil 600mg, mandou tomar 1 comprimido efervescente por dia após o almoço. No entanto o médico não disse se era para tomar a embalagem toda (20 comprimidos), o meu marido já acabou os antibióticos há algum tempo e continua a tomar o fluimicil porque na farmácia disseram para tomar até ao fim. Será mesmo necessário tomar a embalagem toda? e em caso afirmativo, deverá tomar o Nexium para proteger o estomago?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Fluimucil ajuda no funcionamento do antibiótico, por essa razão tem de tomar os dois. Depois de acabar o antibiótico o doente tem de ver se continua com expectoração ou não e se realmente sente a necessidade de expulsar a expectoração. Se tiver de tomar a embalagem ate ao fim não há problema nenhum.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...